fbpx

Chegou o FunBank banco digital para quem gosta de balada

Chegou o banco dos baladeiros. Uma fintech para quem gosta de tomar uma cervejinha, uma garrafa de vinho e ainda ser recompensado por isso. Hoje nós iremos falar sobre esse novo banco digital que é voltado para quem gosta de balada.

O FunBank é um sistema que está sendo desenvolvido pela BTX Digital que recebeu um aporte financeiro de R$ 35 milhões de reais de RedLions Capital. Segundo o site Cash free, a empresa informou que o FunBank será totalmente analítico e vai atuar como intermediário entre estabelecimento e clientes.

A principal ideia desse novo modelo de fintech é criar uma seleção de locais onde um determinado cliente frequenta por meio de registro de compras, dados cadastrais e localização, com isso será mais fácil identificar eventuais clientes para os parceiros do FunBank.

Os estabelecimentos irão receber um registro onde constará o cadastro dos clientes que possam se tornar fiéis, com isso, esses estabelecimentos podem disponibilizar automaticamente descontos ou atrativos para atrair esses potenciais clientes.

O Funbank promete vir para ficar

De acordo com Rafael Pimenta, Co-Ceo da BTX Digital, o objetivo dessa startup não é apenas ser um banco digital, mas sim se tornar uma concierge pessoal com capacidade de disponibilizar todas as funções e comodidades para os seus clientes. Mas isso só é possível através da inteligência artificial com alta capacidade que em 2020 promete vir com tudo para dominar o mercado.

O sistema vai funcionar da seguinte forma: ao fazer uso do WhatsApp, o usuário poderá sanar todas as suas dúvidas, fazer reservas, pagar ingressos, fechar comandas e solicitar automaticamente o vale de estacionamento. Esse sistema de inteligência artificial que vai integrar o FunBank se encontra em fase de testes. Mediante isso, primeiramente será preciso receber um convite eletrônico por meio de outro correntista. O FunBank informa que também haverá triagem constante dos clientes.

Essa triagem acontecerá constante mente para avaliar a frequência de atividade de cada um na plataforma digital dos baladeiros. Com isso, a empresa poderá oferecer mais opções de cartões levando em consideração o perfil de cada cliente.

 

Leave a Reply